Imprimir

Inaugurado na FFCL Laboratório de Fluxo de Ar para aulas práticas

O projeto, do curso de engenharia, é uma parceria entre a FE e a Busa Industrial e Comercial Ltda


banner laboratorio fluxo arNo sábado, 14 de março, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ituverava (FFCL) inaugurou o Laboratório de Fluxo de Ar, com aula inaugural, ministrada pelo Dr. Buddy Mcdermott, especialista em dinâmica de fluídos.

O projeto é uma parceria entre a Fundação Educacional de Ituverava e a Busa Industrial e Comercial Ltda., cujo presidente é o empresário Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”), que se formou recentemente em Engenharia Mecânica pela FFCL. O investimento girou em torno de R$ 500 mil e foi patrocinado pela Busa.

Na aula, O Dr. Buddy discorreu sobre os conceitos teóricos e práticos que serão abordados no laboratório e sobre a importância do local como recurso pedagógico; ao final, fez uma demonstração do funcionamento do equipamento. O evento reuniu cerca de 40 pessoas entre convidados, alunos, membros do conselho da Fundação Educacional e do presidente da Busa.

Oportunidade de treinamento

No laboratório serão ministradas aulas práticas e estudos fundamentais aplicados nas áreas de mecânica dos fluídos para alunos dos cursos de engenharias Mecânica, Elétrica, Produção e Civil, além de proporcionar a oportunidade de treinamento de equipes que trabalham em Usinas de Beneficiamento de Algodão.

“Para a implantação do laboratório, a FE aproveitou o complexo laboratorial do curso de engenharia e adaptou o espaço, que conta com um sistema de ventilação que reproduz o sistema de uma usina de algodão de alta tecnologia”, afirma o diretor da FFCL, Antônio Luís de Oliveira (“Toca”).

Treinamento

“Os alunos poderão usar o laboratório para estudar o funcionamento dos ventiladores, uma vez que o equipamento realiza curvas de desempenho de ventilador e, ao mesmo tempo, permitirá que a Busa desenvolva novos produtos, além de ministrar treinamentos no local”, observa.

Toca destaca a importância do empreendimento. “É uma grande conquista para a faculdade e para os alunos que poderão colocar em prático todos os conceitos aprendidos em sala de aula, utilizando um sistema de alta tecnologia, inclusive os princípios da indústria 4.0, que utiliza automação e inteligência artificial”, completa Antônio Luís de Oliveira (“Toca”).

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next